Como Fazer a Melhor Pipoca Doce – DESCUBRA AQUI

Descubra várias receitas de pipoca doce que vai te surpreender!



Difícil uma pessoa que não gosta de pipoca, não é mesmo? Mas às vezes bate aquela vontade de fazer algo diferente! Sabia que é possível fazer vários tipos de pipoca doce? Se você não sabia, confira o post de hoje, onde iremos indicar para você as melhores receitas de pipoca doce que você já viu.

A pipoca doce é uma iguaria atemporal, ela vai bem em seja lá qual for a circunstância e independe de época. Mas sabia que é possível fazer várias receitas diferentes de pipocas doces? Desde aquela caramelizada até com groselha! Apesar de ser um ingrediente comum e acessível, ele é extremamente gostoso e pode te surpreender nas suas possibilidades.

A pipoca por si só já é bem versátil e serve em várias ocasiões. Mas sabia que ela é bem dinâmica quanto a sua preparação? Existem algumas receitas e você vai aprender aqui como fazer a melhor pipoca doce, não deixe de conferir.

Pipoca doce

Se você está com um desejo enorme de comer aquela pipoca doce, saiba que não é mais necessário que você vá até o pipoqueiro. A gente sabe que parece que essas pipocas são sempre mais bem-feitas e perfeitamente caramelizadas. Mas, no artigo de hoje, você vai aprender a replicar essa receita e comer a melhor pipoca doce de todos os tempos!

Antes de tudo, você tem que compreender que é preciso agilidade e harmonização na hora de combinar todos os ingredientes. Acima de tudo, você deve respeitar cada etapa e o modo de preparado. Para um trabalho bem feito e uma guloseima deliciosa, tudo tem que ser levado a sério.

Para quem pretende vender essas pipocas doces, aqui vai uma boa notícia: o cardápio de pipoca é bem extenso, agradando a maior parte dos paladares. Pipoca de caramelo, chocolate, groselha e anilina já se tornou realidade. Isso sem contar a atratividade que são as cores. Além de serem gostosas, elas são visualmente muito bonitas, chamando atenção daqueles que “comem com os olhos”.

Como fazer pipoca doce

O segredo da pipoca doce se resume, basicamente, numa calda de açúcar perfeita. A pipoca em si é fácil e rápida de ser preparada, mas o ponto alto está focado na calda, já que é ela quem irá trazer um aspecto mais crocante e adocicado. Abaixo você encontrará algumas opções para fazer em casa.

Pipoca doce caramelizada

Essa é um clássico, extremamente saborosa, mas muita gente não sabe com fazer. A verdade é que não há nenhum segredo, apesar de que muitas pessoas têm problema na hora de deixar a pipoca crocante, mas segue os ingredientes e passo a passo.

Tudo o que você vai precisar são:

4 colheres de sopa de milho de pipoca (ou a quantidade que você deseja comer);

4 colheres de sopa de água;

4 colheres de sopa de açúcar;

3 colheres de sopa de óleo.

Vale lembrar que todas essas medidas são alteradas conforme a quantidade que você for fazer, mas essa quantidade é o necessário para servir uma pessoa.

Modo de preparo: É bem intuitivo e segue aquela mesma linha da pipoca tradicional, basta agrupar todos os ingredientes em uma panela, e mexer os ingredientes até formar uma calda caramelizada que envolva todos grãos de milho. Quando você perceber que a pipoca irá começar a estourar, tampe a panela.

A dica essencial é essa; durante esse processo que a pipoca esteja explodindo, dê leves mexidas na panela. Isso fará com que uma maior quantidade de pipoca seja envolvida pela calda e fique completamente caramelizada. Após 15 minutos, retire a pipoca do fogo, coloque em um recipiente e a sua receita estará pronta.

Pipoca doce de groselha

Essa receita pode ser nova para muita gente, mas sem dúvida ela é uma ótima opção para você que quer comer uma receita diferente de pipoca. O gosto é surpreendente, e combine muito bem com um filme ou uma recreação de jovens.

Os ingredientes também são bem simples, são eles:

1 xicara de chá de milho para pipoca;

1 xicara (café) de óleo;

1 ½ xícara de groselha;

100g de açúcar cristal

Modo de preparo: Esse modo de preparo é um pouquinho diferente, mas é bem facilzinho. Para fazer a pipoca de groselha, você precisa separar em duas etapas. Na primeira você faz a pipoca como normalmente você faz. Mistura o óleo e os grãos de pipoca numa panela e espere estourar.

Quando a pipoca estiver pronta, prepare uma calda a base de açúcar e groselha. Mexa até alcançar o ponto de fio. Quando você alcançar o ponto, com a calda ainda quente, despeje sobre a pipoca e misture. Pronto, a sua receita está pronta e você já pode se deliciar.

Pipoca doce de chocolate

Assim como qualquer chocólatra de verdade, você devia estar esperando por essa receita! A verdade é que não se trata de uma receita muito recente, mas que agrada a todos os públicos, afinal, quem é que não gosta de chocolate? Como se trata de um ingrediente bem conhecido, a receita é bem simples também.

Os ingredientes necessários são:

½ xícara de chá de açúcar;

½ xícara de chá de água;

½ xícara de chá de achocolatado em pó;

½ xícara de óleo;

1 xícara de milho de pipoca

Modo de preparo: Coloque uma panela em fogo alto e, em seguida, insira todos os ingredientes. Com o auxílio de uma colher de pau, vá mexendo até perceber a formação de uma calda. Ao notar o início do estouro das pipocas, tampe a panela e reduza o fogo.

Assim como no modo de preparado da pipoca caramelizada, você deverá chacoalhar levemente a panela e, dessa forma, as pipocas irão se aderir a calda de chocolate. Quando a sua pipoca estiver pronta, você poderá colocar em uma assadeira para deixá-la mais seca e obter uma maior crocância.

Pipoca doce colorida

Essa provavelmente é a pipoca preferia pelas crianças! Acredito que, de todas as pipocas que já falamos, essa é talvez a mais bonita. A pipoca faz jus ao nome, e de fato é bem chamativa devido a sua coloração. Mas não é só beleza, a pipoca é realmente bem suculenta!

Para essa receita será necessário:

150g de milho de pipoca;

200g de óleo de canola;

200g de açúcar cristal colorido

Modo de preparo: Com a panela em fogo médio, adicione e misture todos os ingredientes. Misture até o óleo começar a esquentar e, quando isso finalmente acontecer, tampe a sua panela. Nessa receita também é necessário leves sacudidas, mas dessa vez o motivo é diferente. Essas chacoalhadas funcionam para que a pipoca não grude no fundo da panela e não fiquem queimadas.

Quando o milho tiver parado de estourar, desligue o fogo. O nível de colorização da sua pipoca irá depender exclusivamente dos tons de açúcares que você deseja adicionar na sua receita. Basta que você compre e realize cada processo separadamente.

Pipoca doce com corante

O intuito dessa pipoca não é necessariamente criar sabor, mas sim estética. Por sua base ser um corante comestível, o resultado não implicará em modificações de sabores, mas é uma ótima ideia para aqueles que tem filhos pequenos.

Para fazer essa pipoca, você precisará dê:

1 xícara de chá de milho para pipoca;

2 colheres de sopa de manteiga;

10 colheres de sopa de açúcar;

2 colheres de sopa do corante (cor da sua preferência)

Modo de preparo: Em uma panela grande, basta que você adicione o corante, manteiga e o açúcar. Ao mexer por volta de 4 minutos, você irá notar a formação de uma calda. Quando isso acontecer, acrescente o milho de pipoca e volte a mexer.

Assim que as pipocas começarem a estourar, tampe a panela e espere até que todos os milhos de pipocas sejam estourados. Quando isso acontecer, sirva e se delicie na sua receita.

Pipoca doce com anilina

Essa possivelmente é a receita mais inusitada, mas isso não significa que deixa de ser gostosa. Apesar de ser um tanto quanto peculiar, o seu resultado é bem agradável, se assemelhando um pouco com a pipoca doce de corante.

Os ingredientes são:

¼ de xícara de açúcar;

2 colheres de sopa de óleo;

½ colher de corante alimentício (cor da sua preferência);

100g de milho para pipoca

Modo de preparo: O modo de preparado é extremamente simples, basta que você adicione todos os ingredientes na panela, misture bem e tampe a panela em fogo alto. O mesmo processo de chacoalhar se repete nessa receita. Quando todo o milho estourar, retire da panela, coloque em recipiente que possa ser servido e aproveite a sua receita.

Pipoca doce com Nescau

Esse é tipo de receita que pode gerar um certo tipo de discórdia. Para essa receita, há quem prefira usar o Toddy, mas há quem prefira usar o Nescau. Nesse caso, os dois são válidos e ambos podem ser utilizados, a única diferença é que pode ocorrer uma certa diferenciação nos sabores, e cabe a você decidir qual o melhor.

Os ingredientes são simples:

2 colheres de sopa de óleo;

1 xícara de chá de milho para pipoca;

10 colheres de sopa de açúcar;

6 colheres de sopa de Nescau.

Vale ressaltar que todas as medidas podem ser adequadas conforme o seu gosto. Por exemplo, tem gente que prefere não colocar colheres de açúcar, mas isso cabe a você decidir.

Modo de preparo: Para fazer essa receita, será necessário dividir em duas etapas. Na primeira, você realiza o processo natural para fazer pipoca; coloque, em uma panela 2 colheres de óleo e, assim que esquentar, adicione o milho e deixe até estourar.

Quando a pipoca estiver pronta, é hora de fazer o caldo. Em uma panela, junte o açúcar misturado com o Nescau e mais duas colheres de sopa de água. Mexa todos os ingredientes até borbulhar. Após 1 minuto, coloque a pipoca dentro dessa calda e mexa para que todas elas fiquem fixas à calda. Nessa etapa, é importante que a calda esteja devidamente fervida, do contrário, as pipocas ganharão um aspecto grudento e não crocantes.

Pipoca doce com leite ninho

Possivelmente umas das mais gostosas, já que é uma combinação possível. Se já é difícil encontrar alguém que não goste de pipoca, imagina alguém que não gosta de leite ninho? Essa pode ser uma combinação perfeita da qual você pode se apaixonar.

Os ingredientes utilizados são:

1 xícara de milho de pipoca;

½ xícara de óleo;

1 xícara de água;

1 xícara de açúcar;

1 xícara de leite ninho

Modo de preparo: Em uma panela grande, introduza o milho de pipoca, óleo, água e o açúcar e mexa bastante. Com o fogo alto, deixa pipoca começar a estourar. Não se esqueça de chacoalhar, dessa forma o maior número de grãos irá se transformar em pipoca.

Esse até parece o modo de preparo da pipoca caramelizada, e de fato é bem parecido. O resultado será algumas pipocas caramelizadas devido a calda que se criou dentro da panela. Após isso, é só misturar um pouquinho de leite ninho e sua receita está pronta.

Essas são algumas ideias de receitas com pipoca, você sabia que dava para fazer tudo isso? Experimente fazer uma dessas receitas na sua casa e nos diga o que você achou! Até a próxima.

Curta o site no Facebook!