O Que é Melhor: Exoplastia ou Biopolimerização?


Descubra qual a melhor opção, Exoplastia ou Biopolimerização para alisar seu cabelo.


Blog Feminina > Beleza > Cabelo > O Que é Melhor: Exoplastia ou Biopolimerização?

Ter cabelo liso ainda é um desejo de muitas mulheres e, por conta disso, às vezes ficam confusas se devem usar exoplastia ou biopolimerização. Esses dois procedimentos trazem grandes benefícios, mas cada um é adequado para necessidades específicas e, pensando nisso, resolvemos fazer esse post para que você possa decidir com maior precisão qual deve ser a sua escolha. Se você gostou desse assunto e quer saber mais sobre ele, basta continuar nesse post que iremos esclarecer suas dúvidas!

Exoplastia ou Biopolimerização
Se você está em dúvida entre usar exoplastia ou biopolimerização, confira o post de hoje que iremos falar detalhadamente sobre cada um desses procedimentos.

Alisar o cabelo é um procedimento muito comum nos dias de hoje, contudo, mesmo que seja comum, não quer dizer que seja necessariamente fácil. Os meios de chegar nesse resultado são muitos, mas nem todos oferecem as mesmas características ou os mesmos benefícios. Em suma, isso quer dizer que nem todos os procedimentos fornecem um resultado digno ou eficiente. Para poder ter um bom resultado, é importante ficar atento e pesquisar bastante.

Tendo noção dessa dificuldade, muitas empresas especializadas em produtos de cabelo resolveram lançar no mercado exoplastia e biopolimerização para alisar o cabelo. Além de alisar o cabelo, tem como principal pressuposto propiciar o alisamento saudável, mas a grande questão é qual das duas opções utilizar ou qual é a mais viável, haja vista que ambas têm a mesma proposta e detém resultados semelhantes.

De fato, é uma dúvida muito recorrente ter que escolher entre exoplastia e biopolimerização, mas foi exatamente pensando nisso que resolvemos elaborar esse post. Então se você quer saber mais detalhes sobre esses dois tipos de procedimentos, não deixe de acompanhar esse artigo até o fim, pois iremos elencar as principais diferenças e qual o mais viável diante de algumas situações. Sem mais delongas, vamos ao que interessa!

O que é a biopolimerização?

Para que você possa entender com maior propriedade a diferença entre esses dois procedimentos, pode ser importante compreender individualmente cada um. Por isso, vamos começar falando sobre o que é a biopolimerização. A biopolimerização, também conhecida como biopolimerização proteica, nada mais é que um dos procedimentos capilares existentes para resultar um cabelo liso saudável. Possivelmente esse deve ser um procedimento menos conhecido, mas isso não significa que é ineficiente.

A biopolimerização proteica, como também é conhecida, é uma das melhores opções do mercado no que diz respeito a esse assunto, em especial por tentar alinhar cada fio ao mesmo tempo em que reconstrói a matriz proteica capilar. Além disso, é praticamente o único produto de alisamento capilar que possui o complexo MHC (Max Hydra Complex), que se trata de um tipo de aminoácido e biotina que penetra no córtex afim de preservar as proteínas capilares.

Exoplastia ou Biopolimerização
A Biopolimerização é um produto muito especial devido ao fato de ser o único no mercado complexo MHC.

Entretanto, essa não é a única função do complexo presente no composto desse produto. O MHC também visa repor o máximo de proteínas da estrutura capilar e procura fortalecer aqueles fios mais fragilizados devido a processos químicos, uso constante de secador, chapinha ou demais agressões que podem prejudicar os fios capilares. Esse complexo promete, além de alisamento saudável, tratar os fios fragilizados, proporcionando um maior brilho, maciez, hidratação e maior sedosidade aos fios.

Além dessa rica composição, o kit biopolimerização também tem a presença de óleos especiais, o que acaba potencializando os resultados de dar mais brilho e maciez aos fios. Com ajuda desses óleos, também ajuda a reparar as pontas do cabelo, que geralmente são mais secas. Também promovem brilho e mais eminência aos fios e, junto com o composto Silicones Leves, ajudam a formar uma capa protetora sem pesar os fios.

Ficou claro, com essas explicações, que o produto é bem promissor naquilo que se propõe. Por isso, se você está à procura de uma técnica que proporcione mais do que somente o cabelo liso, essa pode ser uma boa aposta. Mas se ainda quer ter mais opções de produtos para alisamento capilar, confira mais sobre a exoplastia.

O que é a exoplastia?

Bem como o produto anterior, também iremos explicar com maiores propriedades o que é exoplastia anterior a mostrar qual a melhor opção. Esse produto também se trata de um procedimento para alisar o cabelo, mas também tem uma outra proposta que o faz ser mais especial, que é o alisamento saudável. Ou seja, a exoplastia, além de alisar o cabelo, não prejudica os fios, e isso ocorre devido a sua fórmula ser baseada sem substâncias nocivas, como o formol, guanidina e tioglicolato.

Mas somente não conter essas substâncias não é o suficiente, pois a falta delas só evita uma degradação maior da extensão capilar. Para que o cabelo continue saudável ao passar por esse procedimento, é importante que haja no composto químico do produto outras substâncias que deem benefícios para as madeixas. Mas o produto não desaponta nesse quesito também, pois há a presença de um composto chamado nanopartícula de serina.

Exoplastia ou Biopolimerização
O composto que torna a exoplastia mais especial é a nanopartícula serina, e pode ser fundamental para você escolher um desses dois produtos.

A exoplastia possui uma base que conduz o alisamento desejado através dessa nanopartícula, que, ao invés de ser tóxica, é benéfica, pois não danifica o cabelo, já que se trata de um nutriente. A nanopartícula de serina é um dos componentes essenciais para um cabelo saudável, mas o couro cabeludo não consegue produzir naturalmente esse aminoácido. Mas com a ajuda dessa nanopartícula presente na exoplastia, é possível obter um cabelo mais tratado, hidratado e ajuda os cabelos danificados, porosos ou ressecados

A maneira como esse produto age também é bem intrigante, pois, diferente de muitos outros produtos existentes no mercado, a exoplastia funciona de dentro para fora, o que acaba penetrando profundamente nos fios. De maneira um pouco mais simplista, a exoplastia acaba reorganizando as células responsáveis pela textura original do cabelo, e isso evita o chamado efeito “cabelo armado”.

Exoplastia ou Biopolimerização
Com esse produto para alisamento capilar, você não terá problemas com os “fios rebeldes”.

Consequentemente a essa reorganização celular, o cabelo fica mais padronizado e não há presença dos fios rebeldes que tanto incomodam algumas mulheres. Um outro grande benefício da exoplastia é que ela não impermeabiliza os fios. Ou seja, ao alisar o cabelo com exoplastia você poderá continuar fazendo hidratações caseiras e seu cabelo irá absorver os nutrientes com facilidade, algo que não acontece em outros procedimentos para deixar o cabelo liso.

Qual o melhor: Exoplastia ou Biopolimerização?

Após ler mais sobre esses dois produtos, você muito provavelmente deve estar na dúvida entre qual é o melhor entre exoplastia e biopolimerização, o que é totalmente comum, afinal de contas os dois aparentam ser ótimos produtos. Mas para que você possa se decidir melhor, vamos dar algum parecer para você encontrar uma solução mais tranquilamente.

A verdade é que a proposta desses dois produtos é muito similar, e o resultado é, basicamente, o mesmo. Há diversos relatos de pessoas que usaram esses dois produtos e se sentiram extremamente satisfeitas com o resultado. Então pode-se de dizer com tranquilidade que ambos cumprem aquilo que se comprometem a fazer, os dois, além de alisar o cabelo, também proporcionam o alisamento saudável e sem muitas complicações.

O único diferencial entre ambos é a composição química de cada um e, quanto a isso, é difícil expressar qual tem a melhor composição, pois isso é muito relativo. O mais aconselhado é que você procure saber qual a necessidade do seu cabelo e, depois disso, escolha o produto que se dispõe a resolver seu problema. Isso é importante porque o ambos os produtos conseguem trazer o mesmo resultado, somente com pequenas diferenciações.

Exoplastia Ou Biopolimerização
Como os dois produtos para alisar cabelo são bem semelhantes, você deve analisar a necessidade do cabelo e optar por um desses produtos.

Por exemplo, a biopolimerização, além de todos os benefícios que foram mostrados, também auxilia no crescimento capilar. Isso quer dizer que, além de toda a proteção, hidratação e afins, o produto ajudará com que o seu cabelo cresça mais rápido, e se você está desejando isso, pode ser uma boa ideia apostar nesse produto. Entretanto, um outro detalhe que pode ser crucial é o preço de cada produto.

Se você não está com grandes condições financeiras, talvez seja melhor optar pela exoplastia, haja vista que o produto é um pouco mais barato, enquanto a biopolimerização está em torno de R$390 à R$610. Claro que se trata de produtos profissionais, então o ideal é que você procure um profissional capacitado para fazer esse procedimento no seu cabelo, mas, levando em conta esses dois produtos, é bem provável que o procedimento com a biopolimerização seja mais cara.

Exoplastia Ou Biopolimerização
Apesar do preço ser exorbitante, você consegue encontrar preços mais acessíveis, mas não contém a linha completa.

Esperamos ter te ajudado um pouco mais nessa decisão, e se você quiser ler um pouco mais sobre a exoplastia, recomendamos que você leia o post sobre o que é exoplastia e como ela é feita.

Por fim, o post termina por aqui, mas esperamos ter auxiliado nessa decisão. Se você gostou desse post, não deixa de compartilhar com sua amiga que também está com dúvida ou com aquela que está pensando em alisar o cabelo. E não se esqueça de curtir nossa página no Facebook, nos vemos no próximo post!

Compartilhe Se Gostou!