Roupas Para Revenda Direto da Fábrica

Já pensou em adquirir uma renda extra com revenda de roupa? É uma ótima ideia para quem deseja ter um dinheiro a mais ao final do mês.


No post de hoje você vai conferir tudo aquilo que você precisa saber antes de abrir uma revenda de roupa. O fato de essa opção ser extremamente útil e eficaz é indiscutível, mas para que o seu negócio funcione é necessário que você siga a risca algumas das dicas que são dadas por alguns empreendedores de sucesso.

Nos dias de hoje é muito comum ver algumas pessoas tentando se aventurar no mundo dos negócios e abrindo algum tipo de empreendimento. Dentre todas essas tentativas, um dos ramos que mais se é tentado abrir, são as lojas de roupas. Isso se torna ainda mais notório quando se tem um olhar geograficamente mais específico; geralmente esse grupo comercial é mais recorrente quando se é para atender um bairro por completo.

O que muitas pessoas também podem notar é que nem todos esses estabelecimentos locais permanecem por muito tempo, que eles são fechados pouco tempo depois de sua inauguração. Outros ainda podem se perguntar o porquê de alguns estabelecimentos obterem sucesso e outros não. E foi pensando em responder todas essas dúvidas que nós elaboramos esse post, cujo intuito é dar dicas que são essencialmente necessárias para se abrir um negócio.

Dicas para revender roupas direto da fábrica

Para quem está começando ou para os mais experientes é preciso seguir algumas orientações para garantir bons lucros.

Para início de conversa, é bom desmistificar o estereótipo de que para abrir uma franquia ou qualquer outro tipo de comércio é somente necessário um espírito empreendedor. Claro que isso é de extrema importância para o avanço da empresa, mas somente isso não basta para o sucesso em sua plenitude.

É bom estar irrigado na nossa mente que um espírito empreendedor torna-se nulo quando não se há presença do senso de responsabilidade. Isso ocorre porque abrir qualquer tipo de empresa – seja ela grande ou pequena – exige uma grande carga de noção de controle. Muitos pensam que para abrir uma empresa, o necessário é somente capital inicial para dar os primeiros passos, mas não é bem assim. O fator principal para se abrir uma empresa nunca deve ser o valor agregado, mas sim todo um estudo prévio. Na prática, isso significa que uma empresa já tem que estar em seu funcionamento antes mesmo dela ter uma representante física propriamente dita.

Pode-se observar a veemência dessas palavras porque o que constitui uma empresa é muito mais do que somente o espaço físico. Uma empresa é composta por missões, visões e valores, além de uma gama de coisas que se é necessário ter noção para que sua loja dê certo e não caia nas garras do fracasso. Isso sim deve ser o fator principal para a criação da sua empresa; o estudo prévio, plano de negócios e objetivos de vendas definidos.

Para você que gosta de vendas e busca aumentar a renda ou ainda trilhar o próprio caminho sendo dono/a do próprio negócio, uma boa primeira dica é você buscar por oportunidades. Ou seja, no ramo de vendas de roupas, é sempre bom você tentar buscar fábricas de confiança que vendam roupas por atacado, já que dessa forma você poderá revender as peças e garantir um lucro muito maior, já que o investimento é menor.

No começo as coisas podem parecer muito difíceis e insólitas, mas não perca o ânimo. Existem muitos homens e mulheres no país que começaram a atividade de sacoleiros buscando roupas direto da fábrica e, aos poucos, foram crescendo, aumentando as vendas e hoje podem contar com um ótimo lucro em cima das peças.

Logo abaixo nós iremos pautar algumas dicas necessárias que você deve ter em mente antes de abrir o seu negócio, confira:

Definir seu público

Essa é uma dica estritamente importante. Como estamos falando sobre vendas de roupas, você deve pensar quem será seu publico alvo. Ou seja, se serão homens, mulheres, crianças ou todos eles.

Essa dica é muito valiosa e de extrema importância, porque te auxilia na hora de elaborar a missão da sua empresa e facilita na hora de você ir realizar as compras para a sua loja, além de fazer sua empresa ser reconhecida por isso, tornando- se uma referência, facilitando a ida de clientes e ampliando as margens de reconhecimento que sua empresa pode alcançar.

Por exemplo, se sua loja for específica para moda feminina, isso fará com que essa ideia se dissemine para mulheres, em potencial. Desse jeito, a probabilidade de sua loja ser reconhecida e mais frequentada, se torna maior. Isso acontece porque, supondo que uma mulher está precisando urgentemente de um vestido para ir a uma determinada festa, ela irá pensar primeiramente em ir a sua loja, porque sabe que ela é o público alvo, o que aumentará as chances de ter um produto que a satisfaça.

Essa seletividade pode ser muito benéfica para que você satisfaça e atenda um público que você melhor se identifica, além de render economicamente mais. É bom que você tenha noção de que os ganhos não estão diretamente ligados ao público que você escolhe. Por exemplo, não é porque você vai escolher atender todos os públicos, homens, mulheres e crianças, que necessariamente o seu ganho será maior.  O fato de você atender “mais públicos” pode fazer com que você se torne somente mais uma loja genérica e não ganhe tanto espaço no meio empresarial, mas ter um público segmentado pode alavancar os seus ganhos.

Mas essa dica pode ir além de somente definir o público alvo que você deseja atender. O estudo de mercado tem que estar aliado a essa dica, e nós iremos te explicar o porquê na próxima dica.

Estudo de mercado

Esse estudo de mercado entra no plano de negócios, citado mais acima. O estudo de mercado nada mais é do que você literalmente estudar o comércio, e isso se torna muito necessário para que você compreenda muitas coisas, como por exemplo; quais as necessidades comerciais, onde você está se inserindo, o que você pode fazer de diferente, como você pode se destacar perante todas as empresas já existentes dentre muitas outras possibilidades.

O estudo de mercado é uma das etapas mais importantes e não deve ser deixada de lado. Esse pode ser um dos fatores que façam com que sua empresa não seja somente mais uma nas estatísticas das empresas que faliram. É no estudo de mercado que você pode obter uma série de conclusões.

No exemplo de lojas de roupas; com o estudo de mercado você vai saber onde é o melhor lugar para você abrir a sua loja, qual o melhor método para fazer com que ela se destaque e saberá quais as necessidades da região que você irá atender.

Dependendo do caso, não é muito sábio você abrir uma empresa de roupa, onde o público alvo seja criança, quando você observa que há outras três lojas do mesmo segmento que o seu. Pode ser que sua loja seja considerada somente mais uma e não ganhe tanta relevância, não se tornando a primeira opção, mas a segunda ou terceira.

Mas se você faz um estudo de mercado e nota que não há nenhuma loja que atenda diretamente o público feminino, isso faz com que você entre no ramo empresarial com um diferencial, se destacando.  Por isso essa etapa é de muita importância e pode definir o seu futuro empresarial.

Conhecer o seu produto

Essa dica pode estar andando em conjunto com a dica anterior. Vamos supor que você já tenha feito um estudo de mercado e constatou que já existe lojas específicas para todos públicos, de forma individual. Então você tem que partir para um estudo de mercado que se foque nos produtos.

Avalie outras empresas, note quais os produtos que são mais procurados, quais são os mais vendidos e se foque nisso. Procure não somente em lojas físicas, mas também em lojas virtuais. Saiba escolher o seu produto de acordo com as necessidades do seu público. Perceba quando alguém vai a uma loja buscar determinado produto, mas sai de lá desanimado por não encontrá-lo.

Conhecer o seu produto pode fazer com que alavanque o número de produtos vendidos, mas claro que somente isso não é o necessário. Conhecer o seu produto também envolve o sentido literal, no que diz respeito às aquisições e atribuições do mesmo. Saiba quais os pontos fortes do seu produto e como você pode utilizar isso para vender para um potencial cliente.

Vendas está diretamente ligado com o público, e sabendo que você possui uma loja de roupas, você tem que trabalhar encima disso. Por isso também é bom que você tenha bem definido o estilo da sua empresa, assim, quando surgir uma necessidade de um cliente para obter determinado produto, a primeira loja que ele irá procurar será a sua.

Ainda nessa linha de raciocínio, você deve conhecer o seu produto no que diz respeito à análise dos mesmos, e isso entra na nossa próxima dica.

Diferencial

O diferencial empresarial é o fator que irá fazer com que sua empresa seja referência na sua região, e será ele quem fará com que você seja destaque mesmo que haja outras várias empresas da mesma área de atuação que a sua. E ele também que pode te habilitar a entrar numa área que já esteja sendo muito explorada na sua região, pois o diferencial tem o poder de fazer com que as pessoas sigam até a sua loja.

Um exemplo disso; vamos supor que você queira abrir uma loja, mas nota que na sua região há muitas lojas voltadas para a moda feminina. A partir desse ponto, você tem que procurar alguma característica da sua loja que diferencie de todas as outras já existentes. E, novamente, ai entra a importância do estudo de mercado. Se você foi numa dessas lojas e nota que lá não tem peças que estão sendo tendência daquela estação, esse pode ser o seu diferencial.

Uma loja voltada para o público feminino que traga as tendências daquele ano ou estação pode ser um fator que fará com que as mulheres cheguem até a sua loja. Mas o diferencial não está somente limitado a isso, ele pode ter relação com a forma de pagamento, por exemplo. Aceitar cartão ou cheque pode fazer com que muitas outras mulheres optem por frequentar a sua loja.

Planejamento financeiro

Ao falar de planejamento financeiro, muita gente pode pensar que se refere somente ao capital inicial, mas o planejamento vai muito além disso. É literalmente categorizar, organizar e colocar tudo na ponta do lápis os seus ganhos e os seus gastos. Isso serve para que você tenha uma melhor gerência dos seus gastos.

É muito sábio, também, você ter em mente tudo aquilo que você pretende gastar, ou ter uma base do valor que você irá utilizar para determinadas funcionalidades. Por exemplo, você pode determinar que não pretende gastar mais do que um valor X nas suas próximas compras, porque sabe que o seu lucro rende determinado capital, e não pode ultrapassar a sua margem de lucro. É uma questão de saber investir corretamente para que você não despenque nas suas vendas, mas que você possa ter uma base sólida para poder crescer rapidamente. Para que você possa ter um controle de todos os seus gastos e lucros é imprescindível que faça um planejamento financeiro de seus gastos e suas despesas.

No caso de você fazer o famoso “sacolão”, você tem que calcular todas as suas despesas para que você não tenha prejuízos, já que se você levar em consideração somente os valores gastos nas roupas, você não irá calcular todo o valor necessário para que tenha alguma margem de lucro.

Conheça seus fornecedores

Ainda para complementar a dica anterior, você deve sempre conhecer os seus fornecedores para que ocorra problemas na hora da venda. Ninguém quer comprar roupas com defeitos, rasgadas e etc., por esse motivo você deve sempre analisar suas roupas que serão vendidas e ter fornecedores confiáveis.

Escolha a dedo os seus fornecedores, saiba se planejar e escolher somente fornecedores que não tem causem prejuízos e nem dores de cabeça, mas é importante que você tenha nas mangas não somente um fornecedor, mas que você mantenha contato com outros.

Para exemplificar a importância disso, vamos supor que você possui um “produto chefe”, ou seja, o produto que mais vende na sua loja e que te rende mais lucro. Quando o estoque desse produto estiver findando, você tem que acionar o seu fornecedor para abastecer o seu estoque. Mas se ele afirmar que as peças só serão entregues dias depois de seu produto esgotar, é bom que você tenha em mãos outros fornecedores que estejam disposto a entregar antes desse prazo para que, consequentemente, você não tenha prejuízos.

Ainda nesse quesito, é importante que você escolha bem os fornecedores fixos, no máximo dois ou três, que sejam da sua confiança. Isso porque consumir de poucos fornecedores fará com que você compre produtos em maiores quantidades, e quanto maior a quantidade, menor o preço final, sendo assim, os seus lucros serão maiores.

E para você que quer bons fornecedores online, abaixo nós estaremos listando para você alguns deles.

Onde encontrar bons revendedores online?

Para quem mora em regiões onde não há lojas de fábricas, a dificuldade e os custos podem ser ainda maiores, mas para isso temos uma solução; Hoje em dia, com o crescimento do e-commerce, existem muitas fábricas que vendem online, o que garante a comodidade e o conforto para os revendedores, além de poupar um bom dinheiro para aqueles que vivem em locais onde não há lojas de fábricas.

Se você tem interesse nessas lojas online, confira algumas delas:

Moda na Web

A fábrica Moda na Web oferece roupas para revenda da moda feminina, masculina, lingerie, infantil e plus size. Acesse: https://www.modanaweb.com.br/

Kaisan

A fábrica se destaca pela venda de roupa fitness para revenda e também moda feminina, moda praia, pijamas, entre outros.

Acesse: https://www.kaisan.com.br/

Cia da Moda

A Cia da Moda também oferece roupas para o público feminino para todos os tamanhos e estilos.

Acesse: http://ciademoda.com.br/site/home/

Moda Colméia

A fábrica também tem a opção para revendedoras no site.

Acesse:  https://www.modacolmeia.com/

Binna Modas

Acesse: http://www.modapararevenda.com.br/

Posthaus

Acesse: http://www.posthaus.com.br/

Como divulgar minhas roupas de revenda?

Bom, agora que você tudo pronto, só falta vender. Mas para que você possa vender, além de colocar todas nossas dicas em prática, as pessoas tem que saber que você está vendendo. Para isso, a habilidade de fazer marketing tem que estar presente.

Você pode avisar aos seus amigos, familiares, pessoas do trabalho e todos do seu círculo social. Por mais que alguns deles não se interessem ou não façam parte do seu público alvo, eles podem te indicar quando alguém mostrar necessidade de algo que a sua loja possa suprir.

Uma outra ótima ferramenta que ajuda na hora da divulgação, são as redes sociais, como o Instagram e o Facebook. Você pode criar um perfil próprio da sua marca e fazer todo um trabalho de marketing através desses perfis e, quem sabe, começar a fazer vendas online, o que pode ampliar os seus ganhos. Se você possui uma revenda de roupa na sua casa, você pode optar por fazer um banner e colocar na frente da sua residência, para que toda a vizinhança e as pessoas que passem em frente dela saibam dos seus serviços.

Para você que está começando com as roupas para revenda direto da fábrica, é muito positivo que converse com outras sacoleiras ou comerciantes que fazem o mesmo. Com certeza elas vão te dar boas dicas e poderosas informações. Com isso, encerramos nosso post de hoje. Esperamos que você aproveite todas as nossas informações. Até a próxima!

Curta o site no Facebook!