DICAS DE COMO SER UMA BOA REVENDEDORA O BOTICÁRIO

Confira algumas dicas essenciais de como se tornar uma revendedora O Boticário de sucesso.



Se você já faz parte do time de revendedoras O Boticário, é sempre importante receber algumas dicas para vender O Boticário, afinal, quanto mais você vende, maior é o seu poder de lucro. Além do mais, é válido ficar atenta a essas dicas, já que o contato de alguma representante O Boticário pode demorar cerca de 20 dias e, durante esse tempo, é sempre bom ir se preparando para ser uma ótima revendedora.

Ainda que ser revendedora abra a oportunidade de conciliar dois empregos, há mulheres que optam por tê-lo como uma renda fixa, e é extremamente importante saber como vender O Boticário para manter as suas clientes mais cativadas e persuadi-las a realizar a compra de algum produto e, dessa forma, ter a quantia necessária para pagar as contas mensais.

É extremamente válido receber dicas para revender O Boticário, em especial para aquelas que nunca tiveram qualquer tipo de contato com vendas. Porém, ainda que você seja uma revendedora experiente, aprender novas dicas nunca é demais, já que você ganha por comissão dos produtos vendidos. Então não deixe esse post de lado, atente-se para essas nossas dicas.

Revender O Boticário

Antes de qualquer coisa, o mais importante de tudo é salientar a necessidade de estar devidamente cadastrada no programa de revenda O Boticário, já que somente dessa forma você estará apta para vender os produtos a custo de fábrica e poder lucrar com isso. Esse processo cadastral é feito com muita agilidade e comodidade, podendo ser feito tudo de forma online.

Porém, ainda que seja fácil, algumas pessoas podem demonstrar algum problema na hora do cadastro. Então caso você tenha alguma dificuldade de fazer esse processo, confira o Passo a Passo de como ser uma revendedora O Boticário. Nesse post você terá todas as suas dúvidas sanadas, pois descrevemos todos os processos de maneira detalhada. Vale a pena dar uma olhada se você quer saber como se tornar uma revendedora.

Mas, se você já é uma revendedora devidamente cadastrada, você já pode se atentar diretamente para essas dicas. Nesse post, além de citarmos algumas dicas, iremos pautar outros assuntos que permeiam o assunto de ser uma revendedora, confira.

Vale a pena revender O Boticário?

A dúvida de muitas mulheres que cogitam essa possibilidade é se realmente vale a pena se inserir nesse ramo, e iremos falar um pouquinho sobre esse assunto. A verdade é que, ao falar de se tornar um revendedor, a primeira vantagem que se fala é a possibilidade de conciliar dois empregos e o possível ganho extra ao final do mês. Isso é um fato, mas será que os ganhos são suficientes e fazem alguma diferença ao final do mês?

Para ser direto, a resposta é sim! Isso porque, levando em consideração o enorme mercado de revendedoras, uma das mais indicadas é a O Boticário. Claro que isso pode ser um pouco relativo levando em conta o seu público alvo e diversos outros fatores que podem influenciar a sua decisão.

Mas vale a pena ressaltar alguns destaques e vantagens de ser uma revendedora O Boticário. Um dos motivos que fazem valer a pena ser revendedora O Boticário é o fato dos preços serem extremamente acessíveis se comparado a outras marcas e, consequentemente, a gama de clientes é muito maior, resultando em ganhos mensais mais superiores.

A empresa possui um espaço bem consolidado no mercado e, por isso, às vezes deixa de ser necessário convencer algum cliente de comprar algum produto. E isso pode ajudar, em especial, mulheres que não tem experiência com vendas. O fato de empresa premiar revendedora renomadas também é um fator interessante a ser cintado, então sem dúvidas vale a pena se tornar uma revendedora.

Agora que você viu que ser uma associada da empresa é rentável, nada mais justo do que aprender algumas dicas de como ser uma revendedora O Boticário de sucesso, aderindo reconhecimento, ser renomada e conquistar alguns prêmios. Confira.

Dicas de como ser uma boa revendedora O Boticário

Para conseguir um tráfego de lucros maiores, é indispensável ter conhecimento dessas dicas, ainda mais porque, ao se tratar de revender O Boticário, parte-se do pressuposto que há outras revendedoras em sua região. Então, tecnicamente, o número de concorrência é maior e, nessa situação, cabe a você ter algum diferencial que fará com que as pessoas escolham ser sua cliente e não de outras revendedoras.

Tudo bem que nem sempre buscar esse diferencial é fácil, mas nós estamos aqui para te dar o suporte necessário para aumentar o seu número de vendas. Para isso, é de tremenda importância que você se mantenha atento as nossas próximas dicas.

Conheça seus clientes

Essa é a dica primordial para o sucesso de qualquer negócio. Você deve entender que o seu trabalhado está diretamente relacionado com os seus clientes, e que sem eles não há possibilidade de ganhos. Por isso, invista nos seus clientes, dedique-se um pouco para conhecê-los e, se possível, desenvolver um vínculo com cada um deles.

Conhecer seus clientes envolve não tratá-los como meros compradores que te rendem lucros, mas sim como pessoas, e isso envolve, por exemplo, dar a devida atenção. Até o simples fato de lembrar do nome de cada um e algumas informações básicas pode ser o suficiente para garantir a clientela, pois isso demonstra que o comprador é especial.

Fora isso, para melhor atender o seu público, invista em conhecer as preferências de cada um. Não quer dizer que necessariamente você tem que saber tudo de cabeça, mas faça anotações. Marque num caderno ou numa planilha do computador os principais produtos que cada cliente gosta ou os que ele mais compra. Essa é uma forma de organização e se tornará muito mais fácil vender, já que você vai oferecer produtos que ele tenha interesse.

Conheça seus produtos

Essa dica é tão importante quanto a anterior, afinal, ninguém gosta de comprar de um vendedor despreparado, né? Conhecer o seu produto, aquilo que você vende, é fundamental para mostrar ao comprador confiança. Quando falamos com autoridade, as pessoas irão nos dar credibilidade, então é estritamente importante conhecer aquilo que você está vendendo.

Mas conhecer os seus produtos não se resumem somente ao fato de isso levar confiança para o comprador. Vez ou outra os clientes fazem perguntas referente ao produto, então conhecer o produto também envolve estar preparado para responder qualquer dúvida que possa ocorrer. As dúvidas podem ser da mais complexa como qual a composição do produto ou até das mais simples, e saber responder esses questionamentos pode ser o divisor de águas na hora do comprador escolher o seu revendedor fixo.

Tente fidelizar o comprador

Esse é um tópico que será desenvolvido um pouco mais para frente, mas é importante esclarecer qual a importância de manter um cliente fiel. Bom, como dito anteriormente, há diversas revendedoras – até mesmo de outras empresas – e isso abre espaço para que os compradores optem por outros vendedores. Mas, ao aplicar a técnica de fidelização, os potenciais compradores irão lhe procurar quando quiserem fazer a aquisição de qualquer produto.

Como consequência, o cliente fidelizado fará o famoso “marketing boca a boca” que é, basicamente, recomendar os seus serviços para as pessoas do seu círculo de convívio. Isso só tornará os seus lucros cada vez mais superiores, e está aí a importância de se trabalhar esse quesito.

Mas a fidelização de um cliente só ocorre quando ele enxerga em você algumas características próprias de um bom vendedor aliado com algumas técnicas de vendas. Isso tudo, é claro, somado à confiança que o cliente deposita em você.

Mas agora que você entendeu a importância de fidelizar um cliente, você precisa saber como fazer isso, certo? Bem, a resposta é simples, tenha um diferencial. E esse diferencial você terá seguindo as nossas dicas, então continue nesse post!

Crie laços com o seu cliente

Primeiramente vamos estabelecer uma coisa; o seu público-alvo são mulheres, certo? Tudo bem que, vez ou outra, pode acontecer de algum homem procurar você para a compra de um produto, ou até mesmo uma mulher querendo comprar produtos para o seu bebê. Mas, em maioria, você irá se deparar com mulheres que querem comprar algo, e isso diz muito sobre a venda e a possibilidade de fidelização.

Geralmente, as mulheres são mais comunicativas, e você pode levar isso a seu favor. Isso quer dizer que, ao ser simpática e estabelecer um nível de diálogo com a compradora, isso poderá ser meio caminho andado para ela retornar a comprar com você.

No geral, as mulheres têm uma tendência de fazer amizades ou criar vínculos mais facilmente. Não estamos dizendo para você forçar amizade, muito pelo contrário. Mas a importância de ser simpático e demonstrar real interesse de satisfazer a necessidade da cliente pode se tornar um diferencial estarrecedor.

Respeite cada cliente

Essa dica pode ser um complemento da anterior e, inclusive, pode até ser levada para outras áreas da vida. Respeitar o cliente não quer dizer exclusivamente respeitar como pessoa. Esse tipo de respeito deve ser dado para qualquer um. Respeitar cada cliente significa respeitar o espaço e não exceder aos limites que um dá.

Para melhor exemplificar; pode ocorrer de você ter clientes que gostam de se abrir com você, inclusive relatar alguns problemas quando não estão se sentindo bem. Mas não é porque você tem essa liberdade com uma cliente que obrigatoriamente você tem com todas. Respeite os limites e os espaços que te são dados. Às vezes, só o fato de ter bom senso já se torna um grande diferencial.

Seja profissional

Essa é a dica que deve ser levada acima de todas as outras; independente de qualquer coisa, seja e se mostre uma profissional. Em especial, quando você tem um vínculo com alguma cliente. Ok, falamos que estabelecer laços com uma cliente pode ser o fator decisório para uma possível fidelização, mas você deve sempre levar em consideração que você é uma profissional antes de qualquer coisa.

Mas por que essa dica é importante? Geralmente quando desenvolvemos algum tipo de afeto por alguma pessoa, se torna um pouco difícil tomar algumas decisões em relação a ela ou até mesmo dificulta a cobrança de alguma dívida. Lembre-se, esse é seu trabalho e deve ser tratado com tal seriedade.

Você pode ter criado um vínculo com a cliente, mas nunca deixe essa relação extrapolar o limite do profissionalismo, do contrário, é capaz do comprador o enxergar sem nenhuma seriedade e tratá-lo mais como amigo do que como profissional, e isso pode se tornar um erro.

Tenha cuidado

Existem pessoas de má fé e que não hesitam em querer se aproveitar dos outros. Então, para não ser vítima dessas pessoas mal-intencionadas, é de suma importância você ser cautelosa na hora fazer as suas vendas.

Aqui entra novamente o tópico de conhecer o seu cliente. Tenha referências de quem ele é e, se possível, verifique o seu histórico de pagamento com pessoas próximas ou de outras pessoas que conheçam esse comprador.

Seja organizado

Administrar bem o seu negócio é um dos pilares principais para se manter rumo ao sucesso. Isso porque uma boa organização otimiza muito seu tempo e te permite se dedicar a outras coisas. Mas ser organizado também pode beneficiar as suas vendas, confira o porquê:

Vamos supor que há um lançamento de uma fragrância de perfume e, como uma boa revendedora, você vai oferecer esse produto para os seus clientes. Porém você acaba oferecendo esse produto para uma pessoa que não gosta de usar perfumes ou que é sensível a essa fragrância. Isso só fará com que você perca seu tempo oferecendo o produto errado para a pessoa errada.

Para que isso seja evitado, procure fazer anotações das preferências dos seus clientes. O tempo perdido oferecendo o produto para a pessoa errada poderá ser otimizado e se transformar numa venda mais rápida e sólida.

Ao buscar fazer anotações das preferências de cada um, você ficará atento as promoções e, se for perspicaz, oferecerá o produto certo (que está em promoção) para a pessoa certa. Dessa forma, a possibilidade de a compra ser concretizada é muito maior.

Conheça a gama de produtos

Essa dica é semelhante a dica de conhecer o produto que você está vendendo, mas vai um pouco mais além disso. Ter conhecimento sobre a leva de produtos existentes pode ser o fator que evitará você perder uma compra. Às vezes pode acontecer de um produto não suprir as expectativas ou não surtir os efeitos necessário imaginado pela pessoa e, quando isso ocorre, provavelmente ocorrerá a desistência da compra.

Mas um vendedor tem que ter sempre um truque nas mangas, o conhecer a gama de produtos oferecidos pode reverter essa situação. Por exemplo, vamos supor que uma mulher queira comprar uma base, mas percebe que o tom da base não corresponde a sua tonalidade de pele. Isso fará com que a pessoa desista da compra.

Contudo, se você tem conhecimento dos produtos que são oferecidos, você facilmente indicará uma outra base que servirá para o propósito. Mas essa situação pode ser diversificada, você pode mostrar para a compradora outras tonalidades de sombra que combinam com o seu tom de pele, por exemplo.

Invista em marketing pessoal

Uma pergunta bem simples que fará você compreender a dimensão dessa dica é; como as pessoas irão comprar de você se não te conhecerem?

Pode parecer meio óbvio, mas nem sempre compreendemos em sua plenitude o resultado das ações do marketing pessoal. Esse simples fator pode ampliar os propósitos de venda em níveis talvez inimagináveis. Quando a gente fala sobre investir em marketing pessoal, não queremos nos referir necessariamente a superproduções de planos estratégicos de marketing.

As estratégias de marketing não se resumem a essas que demandam um alto recurso financeiro, ele pode ser mais simples do que você imagina. Por exemplo, o fato de pedir para que as suas clientes indiquem seus serviços. Uma boa solução também pode ser investir no famoso “cartão de visita”. É uma ideia bem simples e de baixo custo que pode fazer aumentar as suas vendas significativamente.

Fique atenta a períodos sazonais

Essa dica é concernente as datas festivas. É comum de muitas pessoas precisarem de produtos para o dia seguinte, mas nem sempre isso é possível. Por isso, se manter atenta as datas comemorativas, poderá fazer você vender um pouco a mais.

Por exemplo, é comum que em datas como o natal ou aniversário, as pessoas comprem algo para presentear, mas nem sempre a ela conseguiu ter tempo o suficiente para se preparar e fazer a compra do produto com alguma antecedência. Então, investir em produtos a pronta-entrega poderá fazer você render um pouquinho mais ao final do mês.

Esteja preparada para oferecer os seus produtos

Tenha em mente que você é uma revendedora e que qualquer hora é hora para você colocar o seu trabalho em ação. Isso quer dizer, por exemplo, que você não deve ter medo de oferecer os seus produtos em qualquer lugar que você esteja.

Todo momento pode ter uma possibilidade de você conquistar um cliente novo, então sempre tenha seu discurso de vendas preparado e, sempre que possível, tenha em mãos o catálogo de produtos para mostrar para a pessoa.

Faça boas propostas

Nem sempre é possível conseguir a margem máxima de lucro sobre algum produto, então, sempre que você tiver em estoque algum produto que tenha dificuldade de ser vendido, faça alguma promoção, abaixe o preço para que, dessa forma, você possa obter algum lucro por cima.

Portanto, se você notar que algum produto ficou encalhado nas vendas, não hesite em fazer um desconto. Afinal, é muito mais válido você receber alguma quantia em dinheiro de algum produto do que perder o investimento.

Preocupe-se com o pós-venda

Muitas pessoas não dão importância para esse passo, mas ele tem a sua importância. Há o errôneo pensamento de que a venda acaba quando o cliente fecha a compra. Porém, essa fala só serve quando você deseja que o comprador só compre uma única vez de você, o que certamente não é o seu desejo.

Para aqueles que não sabem, o “pós-venda” é o momento seguinte que a pessoa termina de fazer as suas compras. Procure sempre manter algum tipo de contato com o comprador e mantenha-o constantemente atualizado de todas as promoções. Um pós-venda bem feito pode ocasionar na reincidência de compra, o que sem sombras de dúvidas será mais benéfico para você.

Manter contato através do número da pessoa ou por intermédio das redes sociais pode ser uma boa oportunidade de vendas.

Além do mais, o pós-venda é uma ótima escolha para criar laços e fortalecer o vínculo entre vendedor e clientes. Mas é sempre bom se atentar a liberdade que lhe é oferecida, e aqui voltamos novamente para o tópico “Respeite seus clientes”. Então, antes de incomodar os seus clientes, pergunte se eles gostariam de estar recebendo as novidades do catálogo ou de alguma promoção.

Dê oportunidades de compra

Às vezes algum cliente seu não tem a possibilidade de realizar a compra de forma totalmente à vista, por isso, ter oportunidades de compra também pode ser um grande diferencial na hora de fidelizar o cliente.

Tudo bem, você provavelmente não será a única revendedora que deixe parcelar as compras, mas não sobre necessariamente isso que estamos dizendo. Claro que ofertar compras a prazo já é um ótimo começo, mas você pode ir pouco além. Que tal experimentar investir numa maquininha que passa cartão?

A verdade é que muitas mulheres, hoje em dia, não gostam de trabalhar com dinheiro. Então, investir numa dessas maquininhas, além de fazer você ter uma leva maior de clientes, ainda irá te proporcionar uma maior segurança de receber os seus pagamentos.

Com isso, nós finalizamos o nosso post por aqui. Não deixe de seguir essas nossas dicas, temos certeza de que, ao seguir elas, com certeza você irá se tornar uma boa revendedora O Boticário com muitas referências e, principalmente, com ganhos ao final do mês que realmente irá fazer uma grande mudança.

Esperamos ter te ajudado com esse post, mas, antes de terminar, vale ressaltar que para ser uma revendedora, você deve estar devidamente cadastrada no site oficial da O Boticário.  Nos despedimos de você aqui, até a próxima e não deixe de conferir nossos outros posts do site!

Curta o site no Facebook!